Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Sundays

A vida de Sundays

É quase a mesma coisa.

Não, não morri. Estou só a terminar a tese de mestrado, cuja boa parte da análise dos dados perdi quando o meu computador resolveu adoecer. Já ultrapassei a fase da negação e, lentamente, vou deixando para trás a do desespero, dando lugar a uma crescente motivação para fazer tudo de novo. Não, não morri. Mas é quase a mesma coisa.

 

Já vos aconteceu? Querem partilhar dores semelhantes que vos tenham afrontado? Sintam-se à vontade, façam-me sentir menos sozinha. Que isto dá uma dor de alma que nem vos conto.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.